sexta-feira, 13 de outubro de 2017

MPF denuncia Flávio Rocha por intimidar procuradora


O Ministério Público Federal no RN (MPF/RN) protocolou na quarta-feira (11),

 denúncia contra o empresário Flávio Gurgel Rocha pela prática dos crimes de coação no curso do processo, calúnia e injúria. Os crimes teriam sido praticados contra a procuradora regional do Trabalho Ileana Neiva Mousinho, no exercício da função. 

 Ileana Neiva e outros 9 procuradores do Trabalho ajuizaram, em 19 de maio, ação civil pública contra a empresa Guararapes Confecções S/A , da qual Flávio Rocha é vice-presidente. 

Segundo a denúncia do MPF,, o empresário chamou Ilena Neiva de “louca”, “perseguidora” e “exterminadora de empregos”, chegou ainda a sugerir a retirada da procuradora.  “A proposta é simples. Tirem a Dra. Ilena Mousinho de nossa vida e nós vamos transformar o RN”, propagou Flávio Rocha.

 Flávio Rocha segundo denuncia do MPF, intimidou  a procuradora em rede  social  O denunciado postou frases como “o nosso povo está animado...”, “entendeu o recado, doutora?”. 

  “As ações promovidas pela procuradora regional do Trabalho são decorrentes do exercício de sua atividade institucional, em defesa dos direitos coletivos dos trabalhadores, sempre instrumentalizada por meios de provas, submetendo suas imputações ao diálogo e à possibilidade de ser firmado compromisso de ajustamento de conduta entre as partes (MPT e empregador) - dentro dos parâmetros legais – ou ao amplo contraditório, no âmbito da Justiça do Trabalho”, reforça a denúncia.

 A ação tramita na Justiça Federal do RN sob o número 0809937-49.2017.4.05.8400.

Nenhum comentário: