quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Brasil: Ministra que ganha R$33,7 mil cita 'escravidão' para ganhar mais

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, desembargadora aposentada, do governo Temer, ganha R$ 33,7 mil e  cita 'escravidão' para justificar receber R$61.000 .

A justificada para merecer o aumento foi o cargo que  exige:"Roupa, perfume e maquiagem. É bom esclarecer que a ministra ganha R$30.000 mil de aposentadoria e mais R$3.300 do cargo comissionado. Também tem direito a carro, motorista,  viagens em avião do estado para realizar os compromissos. 
  
"O trabalho executado sem 
a correspondente contrapartida
a que se denomina remuneração.
sem sombra de dúvida
se assemelha a trabalho escravo"
Ministra dos Direitos Humanos -Luislinda Valdois

Nenhum comentário: