domingo, 25 de junho de 2017

Flores & Poesia com Clarice Lispector

Eu queria escrever luxuoso. 
Usar palavras que rebrilhassem molhadas
 e fossem peregrinas.
Às vezes solenes em púrpura, 
às vezes abismais esmeraldas, 
às vezes leves na mais fina seda macia
(Clarice Lispector)

Nenhum comentário: